Xilema

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Moreira, C., (2015) Xilema, Rev. Ciência Elem., V3(3):149
Autor: Catarina Moreira
Editor: José Feijó
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2015.149]


O xilema, também designando por tecido traqueano ou lenho, é o tecido responsável pelo transporte de água e sais minerais solúveis a partir das raízes e por repor os níveis de água durante a transpiração e fotossíntese.

O xilema é constituído por quatro tipo células:

  • elementos condutores: células mortas onde circula a seiva bruta (água e sais minerais), que podem ser de dois tipos:
    • traqueídos: células longas e estreitas com paredes laterais lenhificadas e perfuradas. As extremidades afiladas, oblíquas têm apenas uma parede fina e contactam entre si, permitindo a passagem de água e sais minerais. O núcleo e o citoplasma destas células degeneram quando atingem a maturidade funcional. Quando maduros os traqueídos são células mortas.
    • elementos de vasos: com comprimento inferior e diâmetro superior ao dos traqueídos, são também células mortas, alinhadas topo a topo e cujas paredes laterias apresentam espessamentos de lenhinha (substância que lhes confere rigidez e impermeabilidade). No final da sua maturação perdem as paredes transversais formando um tubo que permite uma coluna contínua de água.
  • fibras lenhosas: também constituídas por células mortas de paredes muito espessas devido à deposição de lenhina que desempenham funções de suporte
  • parênquima lenhoso: são as únicas células vivas deste tecido, pouco diferenciadas, que se podem dividir e transformar em qualquer das células do tecido lenhoso.

xilemaaaa.jpg

Figura 1. Esquema do xilema e dos seus constituintes Palavras chave: fotossíntese, floema, transporte no xilema, transporte no floema



Criada em 13 de Setembro de 2010
Revista em 17 de Setembro de 2010
Aceite pelo editor em 11 de Janeiro de 2012