Vales glaciares

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Autor: Fernando Carlos Lopes]
Editor: Luís Vítor Duarte
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2018.048]
PDF Download


Vales glaciares, vales suspensos, lagos glaciares e cascatas, círculos glaciares, moreias e fiordes são formas características das paisagens islandesas, criadas pelos seus glaciares alpinos. Os vales glaciares, com o seu característico perfil em “U”, são a forma mais comum de paisagem originada pela erosão glacial (FIGURA 1). No interior destes vales, os rios concentram o seu poder erosivo na zona mais baixa, originando um perfil característico em “V”. O poder erosivo dos glaciares é muito superior ao dos rios porque a sua energia potencial resulta não só do declive do terreno mas também do peso do gelo. A erosão faz-se, essencialmente, ao longo das zonas laterais do canal, criando um vale com vertentes alcantiladas e fundo aplanado. Vales suspensos são vales escavados por glaciares tributários. Como estes glaciares levam menos gelo, o seu poder erosivo é menor que o do glaciar principal, ficando suspenso nas vertentes do glaciar principal, quando o gelo recua.
Constituem exemplos notáveis, pela sua beleza e dimensão, os vales glaciares de Borgarvirki (FIGURA 2) e de Akureyri (ou Eyjafjörður; FIGURA 3), no noroeste da ilha. Este último vai desembocar num fiorde que é mais longo da Islândia (fiorde de Akureyri ou de Eyjafjörður)[1].


FIGURA 1. Esquema 3D (sem escala) da evolução de uma paisagem glaciar, com formação de vales glaciares, vales glaciares suspensos, círculos glaciares lagos glaciares e cascatas.

FIGURA 2. Aspeto do vale glaciário de Borgarvirki, observado a partir da fortaleza de Borgarvirki, Islândia.

FIGURA 3. Aspeto do vale glaciar e do fiorde de Akureyri (ou Eyjafjörður), o mais longo da Islândia.

Referências

  1. ZAKHAROVA, N., Iceland field guide Arthur D. Storke Memorial Expedition. In: Jason Jweda and Margaret Reitz, eds. Department of Earth and Environmental Sciences, Columbia University, 2010.


Criada em 23 de Outubro de 2017
Revista em 23 de Outubro de 2017
Aceite pelo editor em 18 de Junho de 2018