Ploidia

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Moreira, C., (2015) Ploidia, Rev. Ciência Elem., V3(1):064
Autor: Catarina Moreira
Editor: José Feijó
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2015.064]



O termo ploidia aplica-se ao número n de conjuntos de cromossomas de uma célula.
Uma célula com apenas um cromossoma de cada par homólogo, tem n cromossomas e designa-se por Haplóide. Os gâmetas ou os esporos e células somáticas de organismos haplóides são exemplos de células haplóides.

Uma célula com 2n designa-se por Diplóide e tem dois conjuntos de cromossomas, isto é, cada cromossoma tem um par homologo. São exemplos de células diplóides os zigotos (resultantes da fecundação de dois gâmetas haplóides) e as células somáticas de organismos diplóides.

Por exemplo, o Homem é um ser diplóide. As suas células somáticas (salvo casos em que ocorreu alguma mutação) possuem 46 cromossomas, isto é, duas cópias de cada cromossoma por cada par de homólogos.

Quando um organismo tem mais de duas cópias de cromossomas homólogos, designa-se por poliplóide. Este fenómeno ocorre quando há multiplicação de cromossomas, e é muito comum em plantas, como por exemplo, o trigo (hexaplóide 16n) e a aveia (tetraplóide 4n).


Palavras chave: cromossoma, diplóide, haplóide, poliplóide



Criada em 07 de Julho de 2011
Revista em 13 de Julho de 2011
Aceite pelo editor em 05 de Janeiro de 2012