Perca-sol

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Santos, A.I., Calafate, L., (2018) Perca-sol, Rev. Ciência Elem., V6(1):035
Autores: Ana Isabel Santos e Luís Calafate
Editor: José Ferreira Gomes
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2018.035]
PDF Download


A perca-sol (nome científico: Lepomis gibbosus L. 1758, família: Centrarchidae) é uma espécie nativa do este dos EUA. Introduzida na Península Ibérica, na década de 702, para pesca desportiva e como espécie ornamental em aquários. Foi registada, pela primeira vez, em Portugal, no ano 1977, no rio Guadiana.


A perca-sol é uma espécie de dimensões relativamente pequenas[1] (até 15 centímetros). Possui corpo comprimido lateralmente com uma coloração muito vistosa (manchas azuis que irradiam da cabeça até aos flancos, uma mancha negra e vermelha no extremo posterior dos opérculos e ventre amarelado)[2]. A barbatana dorsal é grande e possui duas partes, a primeira destas com raios espinhosos[3] (FIGURA 1).


FIGURA 1. Perca-sol (fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Perca-sol).

Curiosidades: os ninhos são construídos e mantidos pelos machos[4], que também guardam o ninho durante 3-10 dias até as larvas o abandonarem[5].

Referências

  1. REIS, J. G., Lista de alguns taxa invasores e de risco para Portugal: 1ª versão, 2016.
  2. COPP, G. H. et al., Folia Zool., 53, 3, 237–254, 2004.
  3. http://www.mitra-nature.uevora.pt/Especies-e-habitats/Peixes/Centrarchidae/Lepomis-gibbosus, acesso em janeiro 2018.
  4. LAGES, A.C.F., Caracterização ecológica de duas espécies de peixes exóticas predadoras no Rio Minho: perca-sol (Lepomis gibbosus) e achigã (Micropterus salmoides): Universidade do Minho, 2016.
  5. ETNIER, D. STARNES, W. em LAGES, A.C,F., Caracterização ecológica de duas espécies de peixes exóticas predadoras no Rio Minho: perca-sol (Lepomis gibbosus) e achigã (Micropterus salmoides), Universidade do Minho, 2016.


Criada em 7 de Fevereiro de 2018
Revista em 8 de Março de 2018
Aceite pelo editor em 14 de Março de 2018