Parentucellia viscosa (L.) Caruel

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Almeida, R., Antunes, S. C. (2019) Diversidade Vegetal do Polo 3 da UPorto: HERBÁCEAS, Rev. Ciência Elem., V7(1):00A
Autores: Rubim Almeida e Sara Cristina Antunes
Editor: José Ferreira Gomes
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2019.00A]
PDF Download



image34.jpeg
Planta hemiparasita, herbácea, anual, de glândulas pegajosas, verde claro, reta, normalmente não ramificada, de 10-50 cm de altura e caule quadrangular. Folhas opostas, oblongas, até 12 mm de comprimento e 5 mm de largura, profundamente dentadas sobretudo as superiores. Inflorescências terminais, laxas, em espigas, com folhas. Flores com 4 sépalas de 10-16 mm de comprimento, tubular. Corola amarela, raramente branca, bilabiada, caduca, com tubo até 25 mm de comprimento. Normalmente apresenta 4 estames, 2 mais compridos e 2 mais curtos. O fruto é uma cápsula pubescente com cerca de 1 cm.

Família: OROBANCHACEAE [SCROPHULARIACEAE]

Nome Científico: Parentucellia viscosa (L.) Caruel [Lasiopera viscosa Hoff. & Link.]

Nome Vernáculo: Erva-peganhenta, Parentucélia-peganhenta.

Ecologia: Planta ruderal, frequente quer em terrenos incultos quer cultivados, pinhais e matos.

Floração: Março a Julho.

Estatuto: Nativa da região Mediterrânea, sudeste da Ásia e oeste da Europa, apresenta larga distribuição mundial, e em alguns países com caráter invasor preocupante (Argentina e Chile).

Observações: Frequente infestante de diversas culturas agrícolas.

Notas

Imagem disponível para download no Banco de Imagens da Casa das Ciências.