Fiordes

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Autor: Fernando Carlos Lopes]
Editor: Luís Vítor Duarte
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2018.048]
PDF Download


São estruturas geomorfológicas formadas em condições favoráveis e em presença de um regime glaciar. Os glaciares podem erodir abaixo do nível do mar. Quando o glaciar recua, o oceano invade estas depressões, criando um fiorde (Figura 1)[1], [2]. Podem encontrar-se fiordes em diversos pontos do globo, nomeadamente na Noruega, Gronelândia e Islândia. Alguns dos fiordes islandeses, como o de Akureyri e o de Nordfjord (nordeste da ilha; Figura 2), possuem centenas de metros abaixo do nível do mar. O fiorde de Nordfjord abrange parcialmente uma antiga caldeira vulcânica. Nas falésias do seu flanco oriental, falésias de Raudubjörg, afloram riólitos, conferindo às arribas uma característica cor avermelhada.

FIGURA 1. Esquema 3D (sem escala) da evolução de uma paisagem glaciar costeira e de um cone vulcânico. Com o recuo dos gelos e o abatimento do cone, formam-se um fiorde e uma caldeira vulcânica inundada pelo mar, no interior da qual se encontra uma falésia com riólitos.

FIGURA 2. Riolitos das falesias de Raudubjörg - Fiorde de Nordfjord, costa nordeste da Islândia.

Referências

  1. THORDURSON, T. e HOSKULDSSON, A., Iceland. Classic Geology in Europe. 3. Terra Publishing. Reykjavík, 2002.
  2. EINARSSON, P., The geology of Iceland: Rocks and landscape, Douglas, G. (tradutor), Mál og menning, Reykjavík, 1994.</html>


Criada em 23 de Outubro de 2017
Revista em 23 de Outubro de 2017
Aceite pelo editor em 18 de Junho de 2018