Kitassato (Matraz com tubuladura lateral)

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Revisão das 15h26min de 15 de junho de 2018 por Admin (discussão | contribs)

(dif) ← Revisão anterior | Revisão actual (dif) | Revisão seguinte → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Pinto, J.R., (2014) Kitassato (Matraz com tubuladura lateral), Rev. Ciência Elem., V2(1):292
Autor: J. Ricardo Pinto
Editor: Jorge Gonçalves
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2014.292]


O kitassato (frasco de kitassato, NP-183), ou kitasato, tem a forma de um matraz com paredes reforçadas e uma tubuladura lateral, sendo às vezes designado por matraz com tubuladura lateral.


Figura 1 – Kitassato com funil de Büchner.

O kitassato é utilizado no laboratório para efectuar filtrações a pressão reduzida. Na filtração a pressão reduzida, a tubuladura lateral do kitassato utiliza-se para a ligação a uma bomba de vácuo (ou trompa de água) através de um tubo de borracha. O kitassato apresenta paredes de vidro mais espessas que o vulgar matraz para oferecer maior resistência nos processos de filtração por pressão reduzida.


No processo de filtração, coloca-se uma argola de borracha na boca do kitassato para suportar um funil de Büchner e permitir que se crie um certo vazio ou vácuo parcial no interior do kitasato, enquanto o funil de Büchner, com papel de filtro, retém o sólido.


Nos processos de filtração a pressão reduzida usa-se, frequentemente, um segundo kitasato (ou um frasco de duas tubuladuras) como frasco de segurança entre a bomba de vácuo e o kitasato onde vai decorrer a filtração para assegurar que nenhuma porção de líquido da mistura que está a ser filtrada passe para bomba de vácuo através do tubo de borracha que estabelece a ligação ou, no caso de uso de trompas de água, que a água não passe para o filtrado por mau funcionamento ou mau manuseamento da trompa.





Criada em 23 de Dezembro de 2009
Revista em 14 de Julho de 2010
Aceite pelo editor em 13 de Setembro de 2010