Concentração (Molaridade)

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Revisão das 13h54min de 15 de junho de 2018 por Admin (discussão | contribs)

(dif) ← Revisão anterior | Revisão actual (dif) | Revisão seguinte → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Lima, L.S., (2014) Concentração (Molaridade), Rev. Ciência Elem., V2(2):174
Autor: Luis Spencer Lima
Editor: Jorge Gonçalves
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2014.174]


A concentração (ou concentração molar), antigamente designada “molaridade”, é o modo mais utilizado de exprimir composições de misturas (especialmente, de soluções). Define-se como a quantidade de substância (número de moles) de soluto existente por unidade de volume de solução, e exprime-se pela seguinte equação:


c_\text{soluto}=\frac{n_\text{soluto}}{V_\text{solucao}}                              (1)


Nesta equação, csoluto representa a concentração molar de um soluto numa solução, nsoluto a quantidade de soluto dissolvido e Vsolução o volume da solução.


Além do símbolo c indicado na equação, também é usual utilizar parênteses rectos para designar concentração. Por exemplo, se se pretender referir a concentração de uma solução de cloreto de hidrogénio (HCl), pode utilizar-se cHCl ou [HCl]. Como se depreende da equação apresentada e de acordo com o Sistema Internacional de Unidades (SI), a concentração tem como unidades mol\cdotm-3 e seus múltiplos e submúltiplos, tais como mol\cdotdm-3, mmol\cdotdm-3 ou \mumol\cdotcm-3. O volume pode ser expresso também em litros (L) e seus múltiplos e submúltiplos, dado que L = dm3 e mL = cm3. Tal significa que são equivalentes mol\cdotL-1 e mol\cdotdm-3, por exemplo.


Apesar de a concentração ser a grandeza mais comum para exprimir composições de misturas, tem algumas desvantagens, nomeadamente no que diz respeito à utilização do volume de solução na sua definição. Normalmente, a medição do volume não é tão precisa como a medição da massa de soluto. Outra desvantagem é que o volume da solução se altera com a temperatura devido à expansão térmica, o que faz com que o valor da concentração diminua com o aumento da temperatura. A finalizar, convém notar que quando se misturam duas ou mais soluções concentradas, em geral, os seus volumes não são aditivos.




Criada em 2 de Novembro de 2009
Revista em 14 de Julho de 2010
Aceite pelo editor em 23 de Agosto de 2010