Alexander Parkes

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Revisão das 10h24min de 28 de maio de 2015 por Admin (discussão | contribs)

(dif) ← Revisão anterior | Revisão actual (dif) | Revisão seguinte → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Ribeiro, D. (2015), WikiCiências, 6(05):0839
Autor: Daniel Ribeiro
Editor: Manuel João dos Santos Monte


Figura 1 Alexander Parkes (1813 – 1890).
Alexander Parkes (1813 – 1890) foi um químico e inventor britânico, que ficou conhecido pelo desenvolvimento de novos materiais e de vários processos industriais.

Grande parte do trabalho de Parkes foi desenvolvido na área metalúrgica, tendo sido um dos primeiros a propor a introdução de pequenas quantidades de fósforo em ligas metálicas, com o intuito de aumentar a sua resistência mecânica.

Outra das contribuições importantes de Parkes foi a descoberta do processo de vulcanização a frio (1841), um método para impermeabilizar tecidos através de uma solução de borracha e sulfureto de carbono. Foi também Parkes que produziu, a partir de nitrocelulose, o primeiro plástico da classe dos celulóides, chamado Parquesina (1855), material que patenteou como tecido para o fabrico de vestuário impermeável.

Uma das suas invenções mais significativas foi o método de extração de ouro e prata existentes em minérios de chumbo. Este procedimento, habitualmente designado por processo de Parkes (patenteado em 1850), envolve a adição de zinco ao minério de chumbo e posterior fusão desta mistura. O zinco fundido reage ligando-se à prata e ao ouro presentes no minério de chumbo. Estes compostos de zinco são mais leves do que o minério de chumbo e, por arrefecimento, formam uma crosta que pode ser facilmente removida do minério.


Referências

  • Encyclopædia Britannica Online Academic Edition: Alexander Parkes, consultado em 04/07/2012

(http://www.britannica.com/EBchecked/topic/444128/Alexander-Parkes).

  • Alexander Parkes, consultado em 04/07/2012

(http://img0.liveinternet.ru/images/attach/c/2//68/490/68490592_Alexander_Parkes.jpg).



Criada em 25 de Junho de 2014
Revista em 27 de Maio de 2015
Aceite pelo editor em 28 de Maio de 2015