Rifte

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Dias, A.J.G., Freitas, M.C.A.O., Guedes, F., Bastos, M.C., (2014) Rifte, Rev. Ciência Elem., V2(4):260
Autor: A. Guerner Dias, Conceição Freitas, Florisa Guedes, Cristina Bastos
Editor: Manuela Marques
DOI: [http://doi.org/10.24927/rce2014.260]


Rotura à superfície da Terra ocasionada por tensões geradas pela ascensão de magma.

À medida que as placas tectónicas se afastam, arrastadas pela astenosfera, a litosfera torna-se cada vez mais fina, fracturando e ocorrendo abatimento relativo do terreno entre sistemas de falhas mais ou menos paralelas.

O rifte corresponde, portanto, ao limite construtivo onde tem lugar a separação de duas placas tectónicas, podendo ocorrer tanto em domínio oceânico (rifte oceânico) como continental (rifte continental). Nas zonas de rifte ocorre, geralmente, um vale profundo designado vale de rifte.

Por exemplo, ao longo das dorsais oceânicas do Atlântico e do Índico, pode encontrar-se um vale de rifte com 1 a 2 km de profundidade e vários quilómetros de largura, estrutura única na superfície terrestre. O Great Rift Valley é também um exemplo de vale de rifte, neste caso continental, que se estende por cerca de 6000 km, desde a Síria até Moçambique.



Criada em 18 de Janeiro de 2010
Revista em 19 de Maio de 2011
Aceite pelo editor em 24 de Maio de 2011