Microscópio Óptico

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Moreira, C. (2012), WikiCiências, 3(02):0506
Autor: Catarina Moreira
Editor: José Feijó



O microscópio é um instrumento utilizado para ampliar e observar estruturas pequenas dificilmente visíveis ou invisíveis a olho nú. O microscópio óptico utiliza luz visível e um sistema de lentes de vidro que ampliam a imagem das amostras.

Os primeiros microscópios ópticos datam de 1600, mas é incerto quem terá sido o autor do primeiro. A sua criação é atribuída a vários inventores: Zacharias Janssen, Galileo Galilei, entre outros. A popularização deste instrumento, no entanto, é atribuída a Anton van Leeuwenhoek (Fig.1).

Moz-screenshot-1.png Moz-screenshot-2.png Moz-screenshot-3.png

Figura 1. Microscópio óptico de Anton van Leeuwenhoek

Os microscópios ópticos são constituídos por uma componente mecânica de suporte e de controlo da componente óptica que amplia as imagens. Os microscópios actuais que usam luz transmitida partilham os mesmo componentes básicos (Fig. 2).

Mikroskop.png 300px-Optical microscope nikon alphaphot.jpg

Figura 2. Microscópio óptico

1. Lentes oculares 2. Revólver 3. Lentes objectivas 4. Parafuso macrométrico 5. Parafuso micrométrico 6. Platina 7. Foco luminoso (Lâmpada ou espelho) 8. Condensador e diafragma 9. Braço


Componentes mecânicos

  • pé ou base – apoio a todos os componentes do microscópio
  • braço – fixo à base, serve de suporte às lentes e à platina
  • platina – base de suporte e fixação da preparação, tem uma abertura central (sobre a qual é colocada a preparação) que deixa passar a luz. As pinças ajudam à fixação da preparação. A platina pode ser deslocada nos microscópios mais modernos, nos antigos tinha que se mover a própria amostra, segura pelas pinças.
  • revólver – suporte das lentes objectivas, permite trocar a lente objectiva rodando sobre um eixo
  • tubo ou canhão – suporta a ocular na extremidade superior
  • parafuso macrométrico – permite movimentos verticais da grande amplitude da platina
  • parafuso micrométrico – permite movimentos verticais lentos de pequena amplitude da platina para focagem precisa da imagem


Componentes ópticos

  • condensador – sistema de duas lentes (ou mais) convergentes que orientam e distribuem a luz emitida de forma igual pelo campo de visão do microscópio
  • diafragma – regula a quantidade de luz que atinge o campo de visão do microscópio, através de uma abertura que abre ou fecha em diâmetro (semelhante às máquinas fotográficas)
  • fonte luminosa – actualmente utiliza-se luz artificial emitida por uma lâmpada incluída no próprio microscópio com um interruptor e algumas vezes com um reóstato que permite regular a intensidade da luz. Os modelos antigos tinham um espelho de duas faces: a face plana para reflectir luz natural e a face côncava para reflectir luz artificial.
  • lente ocular – cilindro com duas ou mais lentes que permitem ampliar a imagem real fornecida pela objectiva, formando uma imagem virtual mais próxima dos olhos do observador. As oculares podem ser de diferentes ampliações sendo a mais comum de 10x. A imagem criada pela ocular é ampliada, direita e virtual.
  • lente objectiva – conjunto de lentes fixas no revolver, que girando permite alterar a objectiva consoante a ampliação necessária. É a lente que fica mais próxima do objecto a observar, projectando uma imagem real, ampliada e invertida do mesmo. As objectivas secas, geralmente com ampliação de 10x, 40x e 50x, são assim designadas porque entre a sua extremidade e a preparação existe somente ar. As objectivas de imersão (ampliação até 100x), pelo contrário, têm a sua extremidade mergulhada em óleo com o intuito de aumentar o poder de resolução da objectiva: como o índice de refracção de óleo é semelhante ao do vidro o feixe de luz não é tão desviado para fora da objectiva.


Como funciona o microscópio óptico

A intensidade da luz pode ser regulada directamente através do reóstato que actua na própria fonte luminosa ou indirectamente através do condensador e do diafragma: a intensidade aumenta de se subir o condensador e abrir o diafragma e diminui se se descer o condensador e fechar o diafragma.

A ampliação – número de vezes que a imagem é aumentada em relação ao objecto real – é função conjunta do poder de ampliação da objectiva e ocular utilizadas. A ampliação total é o produto da ampliação da objectiva pela ampliação da ocular (exemplo, ampliação da ocular 10x, ampliação da objectiva 20x, ampliação total é 10 x 20 = 200x.

A imagem observada depende também do poder de resolução, isto é, a capacidade que as lentes têm de discriminar objectos muito próximos. O poder de resolução depende do comprimento de onda da luz utilizada, e o seu valor teórico para um microscópio óptico é de cerca de 0,2 µm – ou seja, dois objectos têm de estar pelo menos a uma distância um do outro de 0,2 µm para poderem ser discriminados ao microscópio óptico. Este valor, contudo, só é alcançável com lentes de elevada qualidade e preço!

A preparação é colocada na platina e fixa com o auxílio das pinças. Com os parafusos existentes na platina move-se a preparação até esta estar sobre a abertura por onde passa a luz. Olhando através da ocular (monocular ou binocular, respectivamente com uma ou duas lentes) e com a objectiva de menor ampliação foca-se a imagem, preferencialmente no centro do campo de visão, utilizando os parafusos macrométrico e micrométrico. Após esta primeira focagem, podem-se utilizar objectivas de maior poder de ampliação, de forma sequencial repetindo todo o processo já descrito. A imagem final observada será ampliada, virtual e invertida. Dependendo do microscópio, em alguns casos, a imagem final pode ser direita e não invertida.

Por exemplo, se utilizarmos uma preparação da letra F, tal como na figura, as imagens formadas pela objectiva e pela ocular são como descritas (Fig.3).


ImagemMicro.jpg

Figura 3. Imagens obtidas por uma lente objectiva e ocular a partir de uma preparação com a letra F.

As posições relativas da letra F são como se observariam ao microscópio.



Materiais relacionados disponíveis na Casa das Ciências:

  1. Os Componentes de um Microscópio, conheça para que servem os principais componentes de um microscópio
  2. Como Fazer uma Preparação, ...... é tão simples .....


Criada em 20 de Outubro de 2009
Revista em 13 de Julho de 2011
Aceite pelo editor em 07 de Fevereiro de 2012