Conservação dos Alimentos por Adição de Solutos

Da WikiCiências
Share/Save/Bookmark
Ir para: navegação, pesquisa

Referência : Moreira, C. (2012), WikiCiências, 3(01):0376
Autor: Catarina Moreira
Editor: José Feijó



A conservação de alimentos por adição de solutos baseia-se no controlo da humidade, embora, neste método não haja remoção de água ao contrário da conservação por controlo de humidade. Quando se adiciona um soluto ao alimento a água livre é retida no alimento pelo soluto, tornando a água indisponível para a sua utilização por microorganismos e em reacções químicas.

Os solutos mais utilizados com esta finalidade são o açúcar e o sal. No dia-a-dia utilizamos este tipo de conservação, mas nem sempre sabemos os princípios físico-químicos presentes nos métodos.

O sal, é utilizado, por exemplo, para a produção da carne de sol e carne seca. Este método é utilizado muitas vezes devido à inexistência de refrigeração e congelamento, por dificuldades técnicas ou energéticas. Outro exemplo, bem conhecido entre nós é o do bacalhau. Desde há muito que o bacalhau é seco e conservado em sal, mantendo-se consumível por muito tempo. O açúcar, por exemplo, é muito utilizado na conservação de frutos. Os doces, marmeladas e compotas que se consomem bem como algumas frutas são conservadas numa calda de açúcar, por exemplo, as denominadas ameixas de Elvas.


Bibliografia

http://www.esb.ucp.pt/twt/pepino/MyFiles/MyAutoSiteFiles/ApoioProfessor164163602/samorais/Fazer_Proteger_Alimentos_Microrganismos.pdf

SILVA JUNIOR, E.O. (2002). Manual de controle higiênico-sanitário em alimentos. 5.ed. São Paulo. Livraria Varela. 479 p.


Palavras chave: conservação dos alimentos



Criada em 10 de Julho de 2011
Revista em 28 de Julho de 2011
Aceite pelo editor em 04 de Janeiro de 2012